Neymar condena atitude de torcedor do Santos que tentou agredir Cássio: ‘Vergonha’

Árbitro da partida relatou outras invasões na Vila Belmiro; Polícia Militar afirma que oito santistas foram detidos

  • Por Jovem Pan
  • 14/07/2022 10h27 - Atualizado em 14/07/2022 10h28
FABRÍCIO COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Torcedor do Santos é detido após invadir a Vila Belmiro em clássico contra o Corinthians Torcedor do Santos é detido após invadir a Vila Belmiro em clássico contra o Corinthians

Revelado nas categorias de base do Santos e ainda muito identificado com o time da Baixada, Neymar lamentou a eliminação para o Corinthians nas oitavas da Copa do Brasil. O camisa 10 da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain, no entanto, disse que ficou ainda mais “triste” com a invasão de um torcedor, que tentou agredir o goleiro Cássio após o fim do jogo na Vila Belmiro. Em publicação feita no Twitter, o craque condenou a atitude do agressor e de outros santistas que entraram em campo após o apito final. “Fico triste pela derrota do Santos mas o que mais me entristeceu foi ver a atitude desse torcedor. No calor do momento é onde tomamos atitudes que nos fazem se arrepender e nos deixam com vergonha. Espero que isso sirva de lição pra todos os torcedores!”, escreveu.

Árbitro do clássico, o gaúcho Jean Pierre Gonçalves Lima relatou que sete torcedores entraram no campo depois do jogo. A Polícia Militar de São Paulo, por outro lado, afirma que oito santistas foram detidos. “Informo que a partida foi paralisada aos 39 minutos do segundo tempo devido a utilização de sinalizadores por parte da torcida do Santos, informo ainda que foram arremessadas bombas para dentro do campo, explodindo na área penal onde era defendida pela equipe do Corinthians, ficando por este motivo 4 minutos com a partida paralisada. Ao final da partida, voltaram a ser arremessadas bombas para dentro do campo de jogo, onde estava localizada a meta defendida pela equipe do Corinthians, e tendo inclusive a invasão de campo por torcedores do Santos”, relatou o árbitro.

Com o incidente, o Santos pode ser punido no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). “Um desses torcedores conseguiu agredir o atleta do Corinthians, sr Cássio Ramos, número 12, com um pontapé em sua perna. Foi necessário a intervenção da Polícia Militar. A equipe do Corinthians teve que deixar o campo às pressas. A equipe de arbitragem não conseguiu visualizar outras agressões. Foi informado pelo delegado da partida, senhor Wilson Roberto Santoro, que sete torcedores que invadiram o campo foram detidos e encaminhados para o Jecrim, porém até o fechamento desta súmula não foi informado nenhum número de registro policial”, continuou Jean Pierre.