Como o Santos estava jogando antes da parada? Assista aos melhores momentos

Após mais de quatro meses, o Peixe volta a campo na próxima quarta-feira (22), diante do Santo André, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Paulista

  • Por Jovem Pan
  • 20/07/2020 11h18
Reprodução/Santos FCO Santos bateu o Mirassol por 3 a 1

O Santos será o primeiro time grande do Estado de São Paulo a voltar a disputar o Campeonato Paulista. Na próxima quarta-feira (22), o Peixe entra em campo após mais de quatro meses para encarar o Santo André, às 19h15, na Vila Belmiro, em confronto válido pela 11ª rodada. Mas como estava o Alvinegro praiano antes da paralisação por causa da pandemia da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus? A reposta é aquele velho ditado: vencendo, mas não convencendo. Em processo de reconstrução sob o comando de Jesualdo Ferreira, a equipe conquistou bons resultados apesar das apresentações medianas.

Prova disso é que o Alvinegro praiano está muito perto de se classificar para as quartas de final do Paulistão. Na liderança do Grupo A com 15 pontos, o Santos tem cinco a mais que Oeste e Água Santa, segundo e terceiro colocados, respectivamente. Desta forma, uma vitória contra o Ramalhão coloca o Santos na fase de grupos com uma rodada de antecedência. Na Copa Libertadores, a equipe da Baixada começou o torneio com tudo, garantindo seis pontos e 100% de aproveitamento nas duas rodadas inicias. Recentemente, a Conmebol definiu que o torneio continental será recomeçado no dia 15 de setembro. A tabela, entretanto, ainda não foi divulgada pela entidade.

Ao todo, o Santos soma 6 vitórias, 3 empates e 3 derrotas desde o começo do ano. Abaixo, a Jovem Pan Online lista os melhores momentos do time da Vila Belmiro na temporada.

SANTOS 2 X 0 INTER DE LIMEIRA

A primeira boa atuação do Santos, de fato, aconteceu na 3ª rodada do Paulistão. Recebendo a Inter de Limeira, treinada pelo ídolo Elano, o Peixe não teve piedade e venceu por 2 a 0, com dois gols do atacante Raniel.

Na partida, Raniel, centroavante contratado junto ao São Paulo, acertou a trave antes de marcar dois belos tentos. No segundo tempo, Uribe teve a chance de ampliar, mas desperdiçou cara a cara com o goleiro.

Mais do que o resultado, a apresentação do Santos convenceu e foi importante para tirar a desconfiança da equipe que havia jogado mal no empate com o RB Bragantino e no triunfo sobre o Guarani.

SANTOS 2 X 0 BOTAFOGO

O Santos se recuperou da derrota no clássico para o Corinthians com uma vitória convincente sobre o Botafogo-SP, na Vila Belmiro, em duelo válido pela quinta rodada do Estadual. Carlos Sánchez e Eduardo Sasha fizeram para os mandantes.

Na primeira partida de Soteldo em 2020, o venezuelano infernizou a defesa adversária e criou os melhores lances do Peixe. Foi a dele a assistência para Sasha definir o placar de 2 a 0.

DEFENSA Y JUSTICIA 1 X 2 SANTOS 

Na estreia da Copa Libertadores, o Santos enfrentou um conjunto organizado, com qualidades ofensivas e que gostava de ter a bola. Dominado na etapa inicial, o time brasileiro acabou sendo castigado pelo Defensa y Justicia nos acréscimos, com gol de cabeça de Rodríguez.

No segundo tempo, brilhou a estrela de Jesualdo Ferreira, que apostou nas entradas de Kaio Jorge e Jobson, os responsáveis pela virada épica no território rival.

SANTOS 3 X 1 MIRASSOL

Empolgado com a vitória na Libertadores, o Santos não deixou a “peteca cair” e emplacou mais uma boa atuação na partida seguinte. Em casa, a equipe santista fez um primeiro tempo avassalador e marcou três vezes em menos de 25 minutos.

Diego Pituca, Yuri Alberto e Eduardo Sasha fizeram a torcida pular de alegria na Vila Belmiro. No segundo tempo, o time apenas administrou a confortável vantagem.

SANTOS 1 X 0 DELFÍN

A última partida desta lista ficou longe de empolgar os torcedores do Santos. Pela segunda rodada da Libertadores, o time recebeu o modesto Delfín, do Equador, e ganhou com gol de cabeça de Lucas Veríssimo. 

Apesar da partida sonolenta, o Peixe conquistou uma importante vitórias, permanecendo na liderança da chave G, com dois pontos a mais que o Libertad.