São Paulo vê aproveitamento como visitante despencar após chegada de Diniz

  • Por Jovem Pan
  • 01/11/2019 11h04
DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOFernando Diniz é treinador do São Paulo

O São Paulo entra em campo no próximo sábado (2) para enfrentar a Chapecoense, na Arena Condá, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, com a missão de conquistar a sua primeira vitória como visitante após a chegada de Fernando Diniz. Desde que o treinador desembarcou na capital paulista, o time viu o seu rendimento cair muito nas partidas longe do Morumbi.

Sob o comando de Diniz, o Tricolor sofreu 2 derrotas (Cruzeiro e Palmeiras) e conseguiu 2 empates (Flamengo e Bahia) fora de casa, contabilizando um aproveitamento de somente 16,6%, com quatro gols sofridos e nenhum marcado.

Os resultados são frutos de um mau desempenho dos são-paulinos como visitante. Dominado na maiorias das vezes, o time pouco atacou os adversários nos quatro embates em questão.

Antes da contratação do técnico, o São Paulo, então dirigido por Cuca, integrava a lista dos melhores visitantes do torneio, somando 5 vitórias, 2 empates e 3 derrotas, com 56,6% de aproveitamento.

Desta forma, agora a equipe paulista tem apenas 45,24% dos pontos possíveis conquistados quando enfrentou como visitante, sendo o quinto melhor neste quesito.

São Paulo virou imbatível no Morumbi

A chegada de Fernando Diniz, ao menos por enquanto, resgatou a confiança do time dentro de casa. Se antes o aproveitamento do São Paulo no Morumbi era frustrante, com o técnico a equipe só triunfou em casa.

Em seu estádio, o Tricolor venceu as três partidas com Diniz na área técnica, sendo eles: Corinthians, Avaí e Atlético Mineiro. Além dos três confrontos, os são-paulinos também triunfaram contra o Fortaleza, no Pacaembu.

Já com Cuca, o time do Morumbi havia somado apenas 18 pontos de 33 possíveis, com quatro vitórias, seis empates e uma derrota.