STJD não vê irregularidade na escalação de Andreas Pereira contra o Santos no Brasileirão

Jogador foi denunciado por descumprir quarentena determinada pela Anvisa ao chegar do Reino Unido

  • Por Jovem Pan
  • 15/10/2021 19h15
Reprodução/Twitter/@AlexandreVidal1/CRFAndreas Pereira foi absolvido pelo STJD

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol – STJD absolveu nesta sexta-feira, 15, o meio-campista Andreas Pereira e o Flamengo de uma possível punição por escalação irregular. No dia 28 de agosto, o atleta entrou em campo para o jogo contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro, apenas oito dias depois de desembarcar do Reino Unido. Por determinação da Anvisa, todos os passageiros que desembarcaram vindos do país europeu precisariam cumprir quarentena de 14 dias. A Anvisa informou que Andreas assinou um termo de responsabilidade, se comprometendo a seguir as regras sanitárias. O STJD, no entanto, entendeu que nem o clube e nem o jogador descumpriram as medidas da Agência. A relatora Alessandra Perez Paiva disse em sua decisão que a Portaria 655/2021 não inclui brasileiros. “E não me cabe outra alternativa que não absolver tanto o atleta quanto o Flamengo”, disse. A decisão foi unânime. No entanto, o jogador Willian, do Corinthians, foi notificado pela Anvisa e precisou cumprir a quarentena de 14 dias com risco de sanções financeiras ou judiciais.