Tite mostra preocupação com gramado do Nilton Santos para jogo contra Colômbia na Copa América

Durante entrevista coletiva, treinador da seleção brasileira destacou os perigos de um campo ruim para a saúde dos atletas; partida acontece nesta quarta às 21h

  • Por Jovem Pan
  • 22/06/2021 19h25
NAYRA HALM/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO seleção brasileira no nilton santos Neymar reclamou publicamente do estado do gramado do Nilton Santos

O gramado do estádio Nilton Santos, o Engenhão, no Rio de Janeiro, é uma das maiores preocupações do técnico Tite para o jogo diante da Colômbia, nesta quarta-feira, 23, às 21h (horário de Brasília). Uma vitória garante a classificação do Brasil como primeiro colocado do Grupo A. “O estado do gramado não é bom. Em função de ser recente a retirada é humanamente impossível (que fique bom). A melhor condição do gramado significa melhor condição para a saúde dos atletas. Um buraco ou um escorregão possibilita um embate mais intenso”, afirmou o treinador em entrevista coletiva na Granja Comary, em Teresópolis, nesta terça-feira. Tite citou um lance na vitória sobre a Venezuela para exemplificar seu posicionamento. “Eu reclamei de falta cometida pelo lateral da Venezuela no Neymar. Depois, eu fui ver que o pé de apoio escorregou e, por isso, ele fez a falta. Ter melhores condições de gramado traz espetáculo e dá mais saúde e segurança aos atletas”, afirmou o treinador.

A preocupação é tão grande que a comissão técnica tem monitorado diariamente a situação do gramado. “Sou testemunha de que o Juninho (coordenador de seleções) está, a toda hora, em contato com as pessoas responsáveis para que tenha uma melhor condição, porque isso dá saúde aos atletas “, completou o treinador. Na vitória contra o Peru por 4 a 0, o Brasil deixou o Nilton Santos bastante insatisfeito com a qualidade do campo. Houve reclamação pública com as postagens em redes sociais como a de Neymar, que publicou a hastag #porfavorarrumaocampo. O treinador não confirmou o time para o confronto contra os colombianos, mas adiantou que vai fazer mais mudanças. Uma das alterações confirmadas é a entrada de Weverton no gol para completar o rodízio dos goleiros.

“Nós seguimos nossa mesma forma, estabelecida como ideia na competição. Vamos ter algumas mudanças, mas, teoricamente, não vão modificar engrenagem da equipe. É o que a gente sempre busca”, disse Tite. Líder do grupo com seis pontos em dois jogos (sete gols marcados e nenhum sofrido), o Brasil garante a primeira colocação do grupo em caso de vitória. Tite afirma que é importante avançar em primeiro para evitar grandes deslocamentos. O treinador afirmou que os jogos diante dos colombianos são sempre muito disputados. “Nossos enfrentamentos com a Colômbia foram sempre muito difíceis. Se a gente voltar, dos amistosos que a gente fez a jogos das Eliminatórias, eles sempre tiveram o mais alto nível de exigência. Passei isso aos atletas e estou falando não como supervalorização, mas reconhecimento das dificuldades”, elogiou Tite.

*Com informações do Estadão Conteúdo