Torcedores do Cruzeiro protestam contra a saída de Fábio e cobram Ronaldo Fenômeno

Além de exaltar o arqueiro, que estava há 17 anos na equipe e fez 973 jogos com a camisa do time, a torcida criticou Ronaldo Fenômeno, dono da SAF Cruzeiro, e Paulo André, um dos novos gestores do futebol

  • Por Jovem Pan
  • 06/01/2022 16h07
GILSON JUNIO/W9 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOTorcedores do Cruzeiro protestam contra a saída de Fábio

Dezenas de torcedores do Cruzeiro se reuniram em frente ao CT na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte, na tarde desta quinta-feira, 6, para protestar contra a saída do goleiro Fábio, um dos maiores ídolos da história do clube, que não teve seu contrato renovado pela nova diretoria. Além de exaltar o arqueiro, que estava há 17 anos na equipe e fez 973 jogos com a camisa do time, a torcida criticou Ronaldo Fenômeno, dono da SAF Cruzeiro, e Paulo André, um dos novos gestores do futebol. Os gritos “Ronaldo, gordão, vem dar satisfação” e “Paulo André, fica ligeiro, muito respeito com a torcida do Cruzeiro” foram entoados pelos participantes da manifestação.

Antes do Cruzeiro tornar-se uma Sociedade Anônima do Futebol (SAF), o então presidente Sérgio Rodrigues havia renovado o vínculo de Fábio até o final deste ano. Com a mudança na gestão, a nova diretoria cruzeirense chamou o goleiro para tentar negociar os novos termos, oferecendo um contrato até o final do Campeonato Mineiro. O ídolo, entretanto, bateu o pé e disse que gostaria de recolocar a Raposa na primeira divisão do Brasileiro. Sem acordo, o fim do ciclo foi anunciado pela cúpula cruzeirense na noite da última quarta-feira, 5. Através das redes sociais, Fábio disse que chegou a aceitar uma redução salarial, mas que os diretores preferiram não escutá-lo. O Cruzeiro, por sua vez, emitiu uma nota na manhã desta quinta-feira, 6, alegando que a saída do goleiro faz parte da reestruturação do clube.