Brasil perde para os EUA e fica com o vice na Liga das Nações feminina

Mesmo saindo na frente, a equipe treinada por José Roberto Guimarães levou a virada do time norte-americano, agora tricampeão do campeonato

  • Por Jovem Pan
  • 25/06/2021 17h31
Divulgação/FIVBA seleção feminina de vôlei foi derrotado na final da Liga das Nações

A seleção brasileira feminina de vôlei perdeu a final da Liga das Nações, em Rimini, na Itália, de virada, nesta sexta-feira, 25, para os Estados Unidos, por 3 sets 1, com parciais de 28/26, 23/25, 23/25 e 21/25. Foi o terceiro título norte-americano na competição. O técnico José Roberto Guimarães colocou em quadra como titulares Macris, Tandara, Carol, Gattaz, Gabi, Garay e Brait. O primeiro set os EUA começaram melhor e o Brasil só foi igualar o placar em nove pontos. Com boa atuação do ataque, o Brasil abriu 17 a 13, mas viu as rivais encostarem de novo após um erro de Macris e Carol : 19 a 18. A disputa ficou dura, Tandara errou e as norte-americanas fizeram 25 a 24. O video-check, pedido por Zé Roberto, apontou um toque no bloqueio dos EUA, que perderam um pouco a concentração e o Brasil fechou em 28 a 26.

O segundo set foi disputado ponto a ponto, sem que uma equipe conseguisse escapar no placar. O Brasil teve 16 a 14, após erro norte-americano no ataque, mas tomou a virada para 21 a 20, quando Tandara errou. Daí até o fim da parcial as americanas se mantiveram em vantagem: 25 a 23. O terceiro set, mais uma vez, foi bastante equilibrado. O Brasil esteve na frente, enquanto os EUA só viraram em 13 a 12. Com muita defesa, a seleção brasileira fez 19 a 18. Mas no final, Gabi e Rosamaria pararam no bloqueio e os EUA fizeram 2 sets a 1. O Brasil começou bem o quarto set e somou 6 a 2. O problema é que a oposta Drews entrou em quadra e teve uma atuação impressionante, com enorme aproveitamento no ataque. Além disso, as americanas conseguiram bloqueios importantes e diminuíram o moral brasileiro. A partir do empate em 17 pontos, o jogo foi todo dos EUA que fecharam em 25 a 21.

*Com informações do Estadão Conteúdo