Com recorde de participantes no atletismo, Brasil chega a 309 classificados para Tóquio

Modalidade vai levar 52 competidores, a sua maior delegação para uma Olimpíada fora de casa

  • Por Jovem Pan
  • 02/07/2021 10h31 - Atualizado em 02/07/2021 16h28
Danilo Borges/ rededoesporte.gov.brCompetições de atletismo reunirão ao todo 1.900 competidores de todos os países participantes

A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT) vai levar 52 atletas para disputar as Olimpíadas de Tóquio. Essa é a maior delegação do atletismo brasileiro em uma olimpíada fora de casa. As competições de atletismo reunirão ao todo 1.900 competidores de todos os países participantes, com a possibilidade de ter três representantes por nação em cada prova. Essa foi a primeira vez que os atletas puderam se classificar por mais de uma via para o jogos: pelo ranking da Federação Internacional e Atletismo e também por meios técnicos. Outra novidade é a estreia do revezamento quatro por quatro metros rasos misto. O diretor técnico da Confederação Técnica de Atletismo, Domingos Pandeló, destacou a relevância da quantidade de competidores em meio a um ano tão atípico. “Se nós levarmos em consideração as condições vividas para preparação para este ciclo olímpico, isso tem uma valor ainda maior. Foram anos atípicos em função da pandemia de Covid-19 e isso trouxe uma série de problemas para os nossos atletas, para os nossos treinadores e apesar disso nós conseguimos compor uma delegação bastante grande”, afirmou.

Cláudio Castilho, diretor executivo da CBAT disse que atletas com maiores chances de medalha terão prioridade. “A gente vai junto com o comitê olímpico organizar uma logística onde todos os atletas terão um tratamento igualitário. Porém, alguns atletas já estão tendo uma atenção diferenciada na sua preparação e isso vai continuar dentro do ambiente da vida olímpica”, afirmou. O Brasil já atingiu número recorde de atletas inscritos no Jogos Olímpicos de Tóquio. Com o anúncio do atletismo, a delegação brasileira chega a 309 competidores, maior número já registrado para uma competição olímpica fora de casa. Este número pode ser ainda maior, já que o basquete masculino ainda está disputando o pré-olímpico. Em 2016, como o país foi sede, conseguiu classificações em várias modalidades sem seletiva: foram 465 atletas lutando pelo ouro olímpico no Rio de Janeiro.

*Com informações da repórter Camila Yunes