F1: Verstappen é multado em R$ 300 mil por toque no carro de Hamilton em treino classificatório

Piloto da Red Bull infringiu o regulamento, mas não terá punições no grid

  • Por Jovem Pan
  • 13/11/2021 14h21
Reprodução/ Twitter @F1Max Verstappen não perdeu posições no grid

O GP do Brasil começou fervendo. Neste sábado, 13, a Fórmula 1 anunciou que o holandês Max Verstappen foi multado em 50 mil euros (R$ 312 mil, na cotação atual) por tocar na asa traseira do carro de Lewis Hamilton durante o treino qualificatório de sexta-feira. Apesar da punição financeira, o líder do campeonato de pilotos não sofreu nenhuma penalidade no grid. Na noite de sexta Verstappen foi convocado para um reunião que aconteceu neste sábado às 9h30 (horário de Brasília) com o delegado técnico da FIA, Jo Bauer, que encontrou irregularidades no carro da Mercedes depois do treino. De acordo com comunicado da F1, o piloto da Red Bull mexeu no carro do adversário.

“Verstappen sai do carro e vai para a traseira do carro. Ele então tira as luvas e coloca a mão direita na abertura da asa traseira do carro [Mercedes]. Ele então se move para o carro 44 e repete o exercício, toca a asa traseira em dois lugares, uma vez em cada lado do dispositivo de atuação DRS, mas na parte inferior traseira da asa, na área da abertura da fenda e nunca perto do atuador ou dos pontos de fixação finais”, explicaram. A F1 considerou uma ação corriqueira, mas que infringiu o regulamento. “Esta tendência geral foi vista como inofensiva e, por isso, não foi uniformemente policiada. No entanto, é uma violação do regulamento do parque fechado e tem um potencial significativo de causar danos”. Além da punição a Verstappen, Hamilton perdeu cinco posições no grid de largada por modificar o motor.