Tiger Woods passa por nova cirurgia nas costas e fica mais longe da Olimpíada

Aos 45 anos, tenista sonha em disputar os Jogos Olímpicos, mas retorno ao esporte só deve acontecer três meses antes da disputa

  • Por Jovem Pan
  • 20/01/2021 12h34
Reprodução/ TwitterTiger Woods, de 45 anos, deve ficar fora das Olimpíadas

O golfista americano Tiger Woods, de 45 anos, anunciou nesta quarta-feira, 20, em suas redes sociais que passou recentemente pela quinta cirurgia nas costas e por isso só vai voltar a jogar em abril, no Masters de Augusta, nos Estados Unidos. Com a nova operação, dificilmente vai conseguir pontos suficientes para vencer a disputa interna pelas vagas dos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, que serão disputados em julho, no Japão. “Tiger passou recentemente por um procedimento de microdiscectomia para remover um fragmento de disco pressurizado que estava beliscando seu nervo depois de sentir desconforto após o Campeonato PNC (Desafio Pai e Filho, em inglês). Seus médicos e sua equipe afirmaram que o procedimento foi um sucesso e esperam que ele tenha uma recuperação completa”, afirmou o comunicado divulgado pelo golfista no Twitter.

Segundo maior vencedor de torneios Major da história com 15 títulos, Tiger Woods sofre com problemas nas costas desde 2015. As lesões o tiraram dos Jogos Olímpicos do Rio-2016, quando o golfe voltou a fazer parte do programa olímpico depois de décadas de ausência. O americano retornou ao circuito profissional em 2019 ao vencer o Masters e vislumbrava fazer a sua estreia em Olimpíadas. Os Estados Unidos só podem levar quatro golfistas para Tóquio-2020 e se classificam os melhores do ranking olímpico de 21 de junho. Bryson DeChambeau hoje fecha o quarteto americano na sexta posição, enquanto que Tiger Woods é apenas o 44º colocado. “Estou ansioso para começar a treinar e estou focado em voltar ao Circuito Mundial”, disse o golfista.

*Com informações do Estadão Conteúdo