Técnico Ricardo Sá Pinto é demitido do Vasco após 2 meses no cargo

Segundo Alexandre Campello, Presidente da Diretoria Administrativa do time, novo técnico será anunciado em breve; à Jovem Pan, fonte do clube confirmou que Zé Ricardo é cotado para o cargo

  • Por Jovem Pan
  • 29/12/2020 12h57 - Atualizado em 29/12/2020 13h30
Imagem: Divulgação/VascoRicardo Sá Pinto deixa o Vasco na zona de rebaixamento do Brasileirão

A diretoria do Vasco demitiu o técnico Ricardo Sá Pinto nesta terça-feira, após a derrota por 3 a 0 do clube para o Athletico-PR. O português deixa o time que comandava há pouco mais de dois meses na zona de rebaixamento do Brasileirão, em 17º lugar, com 28 pontos. Segundo a nota oficial divulgada no site oficial do Vasco, além de Ricardo Sá Pinto, o auxiliar técnico Rui Mota, o preparador físico Miguel Moreira, o analista de desempenho Igor Dias e o Diretor de Futebol André Mazzuco também deixaram o clube, que passa por uma reformulação da comissão técnica.

“A decisão foi tomada após o entendimento entre o Presidente da Diretoria Administrativa, Alexandre Campello, o Vice de Futebol, José Luiz Moreira, e o próximo presidente da Diretoria Administrativa, Jorge Salgado”, informou o comunicado. De acordo com Campello, o novo treinador da equipe será anunciado em breve. À Jovem Pan, uma fonte de dentro do clube confirmou que o técnico Zé Ricardo, que já passou pelo Vasco, está entre os principais nomes cotados para assumir o cargo.

Ricardo Sá Pinto deixa o time cruz-maltino que assumiu em 14 de outubro após comandar 15 partidas, conquistando apenas três vitórias – contra o Caracas pela Sul-Americana, e Santos e Sport pelo campeonato Brasileiro, seis empates e seis derrotas, atingindo um aproveitamento de 33,3%. O ex-técnico e sua comissão técnica foram desligados do time sem terem recebido salários no Brasil, já que o Vasco deve os meses de outubro e novembro.

Confira na íntegra a nota do Vasco sobre a demissão de Ricardo Sá Pinto: