Após conquistar ouro, Rebeca Andrade lamenta tropeço de rival: ‘Treinou muito para estar aqui’

A brasileira demonstrou empatia com Jade Carey, dos Estados Unidos, que era candidata ao pódio, mas não ficou entre as três melhores da prova

  • Por Jovem Pan
  • 01/08/2021 08h17 - Atualizado em 01/08/2021 13h04
EFE/EPA/FAZRY ISMAILRebeca Andrade foi medalha de ouro no solo da ginástica em Tóquio

Rebeca Andrade não está dando show apenas nos aparelhos de ginástica nas Olimpíadas de Tóquio. Logo após levar o ouro no salto, a brasileira também demonstrou empatia e lamentou a falha da rival Jade Carey, dos Estados Unidos, que era candidata ao pódio, mas não ficou entre as três melhores da prova. “A gente treina tanto, imagino o tanto que ela treinou para poder estar aqui, sabe? Mas acontece, é do esporte. Temos de entender que, infelizmente, é normal e seguir firme”, disse em entrevista ao Grupo Globo a paulista, que já havia conseguido a prata no individual geral.

A ginasta paulista, agora, volta a entrar em ação nesta segunda-feira, 2, a partir das 5h57 (de Brasília), quando tenta subir ao pódio mais uma vez na final do solo. Caso consiga o feito, ela iguala a marca de Isaquias Queiroz, do caiaque, que até o momento é o único brasileiro a receber três medalhas em uma só edição de Olimpíadas. Apesar disso, Rebeca mostrou humildade. “Meu foco não é a medalha, é fazer boas apresentações. Ontem eu estava muito feliz. E é essa sensação que eu quero levar pra amanhã”, disse Rebeca.

Confira AQUI o quadro de medalhas em tempo real