Brasil é eliminado em duas categorias no primeiro dia do judô em Tóquio 2020

Gabriela Chibana (48 kg) e Eric Takabatake (60 kg) foram eliminados nas oitavas de final

  • Por Jovem Pan
  • 24/07/2021 01h17
Reprodução/ Twitter @TimeBrasilGabriela chora após perder luta em Tóquio 2020

O Brasil teve duas eliminações sofridas no primeiro dia de disputados do Judô em Tóquio 2020. Na Arena Nippon Budokan, Gabriela Chibana competiu pela categoria 48 kg feminina e, na primeira rodada, venceu a malauiana Harriet Bonface em 14 segundos. A brasileira aplicou um ippon, a maior pontuação na luta, e decretou sua vitória, avançando de fase. Nas oitavas de final, Chibana enfrentou a kosovar Distria Krasniqi, número 1 do ranking mundial e perdeu por ippon. Após a luta, a judoca lamentou o resultado. “É difícil analisar qualquer coisa (da luta contra Krasniqi) agora. É só um sentimento de dor que não sei quando vai reverter, porque é todo um esforço de uma vida para estar aqui”, descreveu para as redes sociais do Time Brasil.

Na categoria 60 kg masculina, o Brasil também teve um representante: Eric Takabatake, que treina no clube Pinheiros, em São Paulo. Na primeira rodada ele lutou contra o atleta de Laos, Soukphaxay Sithisane e fez 10 a 0 tendo aplicado um vasari e ippon. Nas oitavas de final, o adversário foi o sul-coreano W.J. Kim, um dos mais fortes da categoria. Em uma luta duríssima e que foi definida no golden score, o brasileiro foi eliminado por ippon e ficou bem sentido ao final da luta. No domingo acontecem as disputas dos 52 kg feminino e 66 kg masculino.