Ginástica artística: Em decisão acirrada, russos brilham e conquistam o ouro na final por equipes

Atletas bateram o Japão e conquistaram seu quarto ouro nos Jogos de Tóquio; China ficou com o bronze

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2021 10h25 - Atualizado em 26/07/2021 20h26
EFE/EPA/TATYANA ZENKOVICH Nikita Nagornyy foi responsável pela nota que deu o ouro aos russos

Em uma final acirrada, o Comitê Olímpico Russo bateu o Japão na decisão por equipes da ginástica artística e conquistou o ouro. A partida foi disputada na manhã desta segunda-feira, 26, e foi a primeira da modalidade nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Após a fase de classificação, os russos chegaram à final como favoritos ao lado dos japoneses e dos chineses. Ao longo da disputa, a China acabou ficando atrás dos adversários e não conseguiu recuperar a diferença, conquistando o bronze. A decisão ficou entre o Comitê Olímpico Russo e o Japão e foi definida nas últimas notas dos últimos aparelhos. Nikita Nagornyy foi responsável por conseguira nota que assegurou o ouro para sua equipe. Ao final das rotações, o Comitê somou 262.500 pontos, enquanto o Japão ficou com 262.397, uma diferença de apenas 0.103. A China fechou a final com 261.894 pontos. Essa foi a quarta medalha de ouro dos russos nos Jogos e a segunda de prata dos japoneses. Vale lembrar que, por causa de um escândalo de doping, a bandeira, o hino e o nome da Rússia foram banidos dos jogos pela Agência Mundial Antidoping (Wada). Por isso, os atletas estão competindo com o nome Comitê Olímpico Russo (ROC nas transmissões) e tiveram que provar que não estão dopados em agências de outros países.