Kawan Pereira termina em 10º nos saltos ornamentais; chinês leva o ouro

Brasil não chega a uma final da plataforma 10 metros masculino desde 1920; pódio ainda chinês com a prata e britânico no bronze

  • Por Jovem Pan
  • 07/08/2021 04h25
Wander Roberto/COBKawan durante sua apresentação nos saltos ornamentais

Pela primeira vez desde 1920 o Brasil esteve presente na final dos saltos ornamentais plataforma de 10 metros masculino em Jogos Olímpicos. Kawan Pereira esteve entre os 12 melhores atletas do mundo e fez uma apresentação muito consistente, apesar de alguns erros, terminando em 10º lugar no ranking geral com a somatória de 393.85. Aos 19 anos, essa foi a primeira Olimpíada de Kawan que também teve na primeira classificatória Isaac de Souza. Esse é o melhor resultado na história olímpica recente do país. Em 1920, o resultado do Brasil foi a sétima colocação. O ouro ficou com o chinês Cao Yuan que fez 479.75, seguido de seu compatriota Yang Jian com 467.65. O bronze foi de Tom Daley, da Grã-Bretanha, que levou o ouro no sincronizado.