Natação: Austrália quebra primeiro recorde mundial das Olimpíadas na final do revezamento 4x100m

No mesmo dia de competições no Centro Aquático de Tóquio, brasileiro Felipe Lima disputou semifinais dos 100 metros peito, mas foi eliminado

  • Por Jovem Pan
  • 25/07/2021 00h41
FRANCOIS-XAVIER MARIT/AFP via Getty Images Este foi o primeiro recorde mundial quebrado nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020

A Austrália quebrou o primeiro recorde mundial dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Na noite deste sábado, 24, a equipe feminina do país venceu a final do revezamento 4×100 metros no estilo livre. O time formado por Bronte Campbell, Cate Campbell, Meg Harris e Emma McKeon alcançou a marca de 3:29.69, derrubando a marca anterior, que também era australiana (3:30.65). A medalha de prata ficou com o Canadá, que desbancou os Estados Unidos, que terminaram na terceira colocação, conquistando o bronze. Ainda na noite de provas no Centro Aquático de Tóquio, o brasileiro Felipe Lima disputou as semifinais dos 100 metros peito, mas foi eliminado e não avançou às finais – com 59.8 segundos, ele ficou na 12ª colocação. O último colocado para a final alcançou a marca de 59.18 – se tivesse repetido seu tempo das eliminatórias (59.17), Lima teria se classificado.