Ao menos 10 pessoas morrem e dezenas ficam feridas em explosão de metrô em São Petersburgo

  • Por Jovem Pan com Agências
  • 03/04/2017 09h44
Explosão em metrô de São Petersburgo - twitter

Ao menos dez pessoas morreram e dezenas ficaram feridas devido a uma explosão em um metrô em São Petersburgo. Sete estações de metrô foram fechadas. Uma viagem do presidente da Rússia, Vladimir Putin, a São Petersburgo estava programada para esta segunda-feira, de acordo com o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Putin se encontraria com o presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, e já foi informado sobre as explosões que ocorreram no metrô da cidade. De acordo com o jornal The Independent, não está claro se Putin já estava em São Petersburgo no momento da explosão.

O presidente russo afirmou que a principal hipótese sobre as causas das explosões é terrorismo, mas ainda não existe confirmação. 

O número de mortos e feridos também não fio confirmado oficialmente pelos órgãos do país. Incialmente fala-se em dez mortos e mais de 30 feridos.

Com o ocorrido, o metrô de Moscou adotou medidas adicionais de segurança. “O metrô de Moscou está adotando medidas de segurança adicionais no âmbito da lei federal sobre a segurança do transporte da Rússia”, afirmaram autoridades do metrô de Moscou no Telegram. “As autoridades do metrô de Moscou estão prontas para fornecer qualquer assistência ao metrô de São Petersburgo, se necessário.”