Anvisa autoriza estudo sobre dose de reforço da vacina da Pfizer contra Covid-19

Serão incluídos homens e mulheres com idade igual ou superior a 16 anos que tomaram as duas doses do imunizante há pelo menos seis meses

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2021 22h21
ADRIANA TOFFETTI/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 17/10/2020 Uso emergencial do imunizante da Pfizer em parceria com BioNTech foi aprovado na semana passada

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a realização de um estudo clínico para testar a possibilidade de uma dose de reforço da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Pfizer. Segundo a Anvisa, 443 participantes deverão ser recrutados no centro clínico do Hospital Santo Antônio da Associação Obras Sociais Irmã Dulce, em Salvador (BA) e outras 442 virão do CEPIC, Centro Paulista de Investigação Clínica e Serviços Médicos, em São Paulo. No estudo, serão incluídos homens e mulheres com idade igual ou superior a 16 anos que tomaram as duas doses da vacina da Pfizer há pelo menos seis meses. Ainda de acordo com a Anvisa, a Pfizer será responsável por determinara data de início dos testes.