Anvisa recebe pedido de uso emergencial da vacina da CanSino

Agência já havia recebido solicitação do imunizante, mas encerrou análise após a fabricante romper relação comercial com a então representante no Brasil

  • Por Jovem Pan
  • 10/11/2021 16h51 - Atualizado em 10/11/2021 17h33
KEVIN DAVID/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Frascos da vacina CanSino aparecem enfileirados com um seringa A Convidecia é uma vacina chinesa de dose única

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quarta-feira, 10, que recebeu o pedido de uso emergencial da vacina contra a Covid-19 da CanSino. A solicitação foi apresentada pelo laboratório Biomm, que representa o imunizante do laboratório chinês no Brasil. Nomeada de Convidecia, a vacina é aplicada em dose única. Segundo a agência, o pedido foi enviado na última segunda-feira, 8, mas ficou disponível para a equipe técnica apenas nesta quarta. Como as primeiras 24 horas são dedicadas a uma triagem do inicial, a verificação que analisa se todos os documentos necessários estão disponíveis deverá ser concluída na quinta-feira, 11. O prazo de análise da solicitação de uso emergencial de uma vacina pela agência é de sete dias. O prazo, no entanto, não considera o tempo do processo em status de exigência técnica, ou seja, quando informações complementares são pedidas pela Anvisa.