Após casos da Ômicron, Doria pede novo parecer do Comitê Científico sobre uso de máscaras

Parecer da equipe, que é formada por médicos e especialistas da área da saúde, deve ficar pronto na próxima semana; governo planejava flexibilização para o dia 11 de dezembro

  • Por Jovem Pan
  • 30/11/2021 19h12
BRUNO ESCOLASTICO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Governador de São Paulo, João Doria, durante anuncio do programa Estrada Asfaltada

O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), pediu um novo parecer sobre a necessidade da utilização de máscaras em ambientes abertos ao Comitê Científico do Governo do Estado. O pedido foi feito nesta terça-feira, 30, após a confirmação dos dois primeiros casos da variante Ômicron no Brasil. Os pacientes são um casal que veio da África. A expectativa é de que o parecer do grupo, que é formado por médicos, fique pronto na próxima semana. No dia 24, o governo do Estado havia anunciado uma flexibilização para o uso de máscaras em ambientes externos para a partir do dia 11 de dezembro. “O nosso parâmetro sempre foi o cenário epidemiológico em São Paulo. E, por isso, precisamos saber o impacto da nova variante com a flexibilização do uso de máscaras em espaços abertos. É necessário ter cautela e avaliar esse novo elemento. O nosso compromisso é com a saúde da população”, afirmou o governador. Segundo o governo, a flexibilização foi anunciada levando em consideração os dados positivos sobre a vacinação e o cenário epidemiológico do Estado, mas a utilização ainda seria obrigatória em ambientes fechados e no transporte público.