Bolsonaro defende futura ministra da Agricultura: ‘Goza de toda nossa confiança’

  • Por Jovem Pan
  • 18/11/2018 13h50
Fátima Meira/Estadão Conteúdo"Se algum ministro tiver uma acusação grave comprovada a gente toma uma providência", ressaltou o presidente eleito

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) foi à Arena Carioca 1 neste domingo (18) acompanhar as finais do evento de Jiu-Jitsu Abu Dhabi Grand Slam Rio, organizado pela UAE Jiu-Jitsu Federation. Em rápida conversa com os jornalistas presentes, disse que a futura ministra da Agricultura, deputada Tereza Cristina (DEM-MS), “goza de toda a confiança” de sua equipe. Mais cedo, uma reportagem da Folha de S. Paulo noticiou que a parlamentar foi citada em delações por ter dado supostos incentivos fiscais ao grupo JBS.

“Eu também sou réu no Supremo. Tenho que renunciar? Ela já foi julgada? É apenas um processo representado, [assim] como já fui representado umas 30 vezes na Câmara e não colou nenhuma”, afirmou. “Sou um ser humano e posso errar. Se algum ministro tiver uma acusação grave comprovada a gente toma uma providência. No momento ela goza de toda a nossa confiança”, completou em seguida.

Mais Médicos

Ainda na entrevista coletiva, Bolsonaro voltou a afirmar que Cuba submete seus profissionais vinculados ao programa Mais Médicos a uma situação de “trabalho análogo a escravidão”. Ele disse que alguns prefeitos que reclamam da saída dos cubanos do programa, querem se “eximir de responsabilidades”.

“A prefeitura mandou embora seu médico para pegar um cubano. Quer ficar livre da responsabilidade. A Saúde [municipal] também tem sua responsabilidade”. Logo depois acrescentou que dia 1º vai apresentar uma solução para a saída dos médicos cubanos do País. “Não podemos admitir escravos cubanos no Brasil nem continuar alimentando a ditadura cubana também.”

*Com informações da Agência Brasil