Brasil bate recorde diário de mortes por Covid-19 com 1.972 novos óbitos

Até o momento, o país registrou 268.370 óbitos causados pela doença; total de infectados é de 11.122.429, terceira maior quantidade do mundo

  • Por Jovem Pan
  • 09/03/2021 18h21 - Atualizado em 09/03/2021 18h38
EDUARDO VALENTE/ISHOOT/ESTADÃO CONTEÚDO - 01/03/2021 País vive momento de recorde de mortes causadas pela doença

O Brasil bateu o próprio recorde diário de mortes por Covid-19 ao registrar 1.972 novos óbitos nas últimas 24 horas. Com isso, o total de vítimas fatais contabilizadas desde o início da pandemia é de 268.370. No mesmo período, foram contabilizados 70.764 novos casos da doença, elevando o número de infectados pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) e suas variantes para 11.122.429. Com a atualização, o Brasil se aproximou da Índia, que tem 11,2 milhões de casos, e deve se tornar o segundo país com mais casos. Já em relação ao número de mortos, o Brasil mantém a segunda colocação, superado apenas pelos Estados Unidos, com 527 mil mortes. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), através de uma atualização no boletim epidemiológico feita às 18h desta terça-feira, 9.

Até então, o dia mais letal da pandemia, segundo o CONASS, havia sido no dia 3 de março, quando foram registradas 1.910 mortes. Além dos números absolutos, os indicadores da doença seguem mostrando o momento de alta que o país vive. A taxa de mortalidade da doença aumentou para 127,7 a cada 100 mil habitantes, o que significa que ao menos uma a cada mil pessoas morre no país por conta da Covid-19. Já a taxa de incidência da doença foi para 5.292,7 a cada 100 mil habitantes, mostrando que cinco em cada 100 pessoas são contaminadas pelo novo coronavírus.