Brasil se aproxima de 210 mil mortes por Covid-19

Dados do Ministério da Saúde apontam 551 novos óbitos nas últimas 24h, totalizando 209.847 casos; Anvisa aprovou uso emergencial de vacinas neste domingo

  • Por Jovem Pan
  • 17/01/2021 20h03
OMAR DE OLIVEIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO - 04/01/2021Número registrado nas últimas 24h quase metade dos 1.050 óbitos confirmados no período anterior

O Brasil registrou 551 mortes causadas pela Covid-19 nas últimas 24h, elevando o total de óbitos para 209.847 pessoas, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde neste domingo, 17. No mesmo período foram confirmados 33.040 diagnósticos pela doença causada pelo novo coronavírus, totalizando 8.488.090 infectados. O painel divulgado pelo governo federal também aponta que 7.411.654 pessoas já se recuperaram da doença, enquanto 866.598 casos estão em acompanhamento. O número de mortes nas últimas 24h encerradas neste domingo é menor do que os 1.050 óbitos registrados no período anterior.

Segundo números do Ministério da Saúde, São Paulo lidera o número de infeções e mortes, com 1.625.339 e 49.945, respectivamente. O estado de Minas Gerais aparece na segunda colocação em infectados, com 643.609 pessoas infectadas, mas é o terceiro em mortes, totalizando 13.465. Santa Catarina é o terceiro na lista de número de contágio, com 541.745, porém, o estado é o 10º em óbitos, com 5.886 vítimas. Na ponta de baixo, o Acre é o estado com menor número de casos, co 44.767 infectados, e antepenúltimo em mortes, com 836. Roraima é o segundo com menor número de infecções, registrando 70.948, mas é o que possui menos óbitos registrados, com 811. Amapá aparece na sequencia, com 73.417 casos e 996 mortes.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou neste domingo o uso emergencial de duas vacinas contra a Covid-19: a CoronaVac, fabricada no Brasil pelo Instituto Butantan, e a de Oxford, desenvolvida pela universidade inglesa em parceria com o laboratório AstraZeneca e produzida no país pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O estado de São Paulo saiu na frente e já iniciou a aplicação da CoronaVac minutos depois do anúncio da agência. O governo federal afirmou que a imunização em todo o território nacional será iniciada nesta quarta-feira, 20, às 10h.