Circo é notificado após usar cachorro em espetáculo no Ceará

Prática é considerada ilegal no Estado e se enquadra como ‘maus-tratos’; caso foi denunciado pelo deputado federal Célio Studart

  • Por Jovem Pan
  • 13/12/2021 17h29
Reprodução/Instagram/@celiostudart Montagem de um cachorro em um espetáculo de circo e, na segunda foto, ele sendo examinado por uma veterinária Na gravação, o cão aparece subindo uma escada suspensa e, em seguida, pula em um pano segurando por integrantes do show

Um circo localizado no município de Granja, no Ceará, foi notificado por utilizarem um cachorro como atração. O caso foi denunciado pelo deputado federal Célio Studart (PV-CE), defensor dos direitos animais, na última sexta-feira, 10. Na gravação, o cão, conhecido como “Gabigol”, aparece subindo uma escada suspensa. Em seguida, o cachorro pula do alto em um pano segurado por integrantes do grupo. Como o parlamentar lembrou em suas redes sociais, a prática de utilizar animais em espetáculos é crime no Ceará, de acordo com a Política Estadual de Proteção Animal (Lei 17.729/2021). “Consideram-se maus-tratos para os fins desta Lei: utilizar animais em apresentações artísticas, circenses, ou qualquer outra atividade que coloque em risco a integridade física, sanitária, comportamental e psicológica desses animais”, diz texto da lei.

Após a denúncia de Studart, a Secretaria de Saúde e a Guarda Municipal enviaram uma equipe da Vigilância Sanitária ao circo para notificar o estabelecimento e examinar o animal. A Associação São Francisco também presente na visita. “A dona do circo alegou que não sabia das leis que envolve proteção dos animais, pediu desculpas a toda população que se sentiu incomodada e garantiu que não irá mais colocar o número nos próximos espetáculos”, informou a Prefeitura de Granja, que afirmou que o cachorro e outros animais presentes foram examinados pela médica veterinária Amanda Correia, que não constatou indícios de maus-tratos. O circo Jamaica ainda assinou um termo de responsabilidade e conduta contra o uso do animal em qualquer show do grupo com o jurídico do mandato do deputado. Em um vídeo divulgado nas redes do parlamentar, a dona aparece segurando o documento em mãos.