Com previsão de ventos de até 90 km/h e temperaturas abaixo de 10ºC, Defesa Civil abre abrigo temporário em SP

Secretarias de Desenvolvimento Social e de Transportes Metropolitanos, juntamente com o Metrô e o Fundo Social de São Paulo somam esforços para ativarem a estrutura do alojamento e atender à população vulnerável da capital paulista

  • Por Jovem Pan
  • 13/07/2023 12h18 - Atualizado em 13/07/2023 13h53
Rogério Galasse/Estadão Conteúdo Morador em situação de rua se protegendo do frio em SP Morador em situação de rua se protegendo do frio em São Paulo

A Defesa Civil do Estado de São Paulo alerta que, entre esta quinta-feira, 13, e domingo, 16, uma frente fria seguida por uma massa de ar frio causará queda significativa de temperatura, com formação de geada em pontos isolados. As menores temperaturas ocorrerão entre o final da madrugada e início da manhã de cada dia. De acordo com as autoridades, a Serra da Mantiqueira deve registrar as menores temperaturas, que devem figurar na casa dos 2°C, com sensação térmica de -1°C. Além do frio, o ciclone extratropical que atua no Sul do Brasil causará fortes rajadas de vento na faixa leste do Estado até sexta-feira, 14. Segundo o alerta, a capital paulista, a região metropolitana, a Baixada Santista, o Vale do Ribeira, o Litoral Norte e a região de Itapeva devem registrar ventos de até 90km/h. Diante deste cenário, o atendimento do abrigo temporário localizado na Estação Pedro II, na Linha 3-Vermelha, será feito pela Defesa Civil. O abrigo será montado nesta quinta-feira, 13, e permanece aberto até domingo, 16, para acolher quem precisa se proteger.

De acordo com o comunicado da Defesa Civil, as secretarias de Desenvolvimento Social e de Transportes Metropolitanos, juntamente com o Metrô e o Fundo Social de São Paulo somam esforços para ativar a estrutura do alojamento e atender à população vulnerável da capital. “Para todos os abrigados são entregues colchões para dormir, cobertores e refeições gratuitas, fornecidas pelo Programa Bom Prato Móvel. O local tem capacidade para atender 100 pessoas por noite. O abrigo passou por melhorias como pintura nas paredes e foram instaladas camas de campanha para oferecer mais conforto aos acolhidos. O espaço também está preparado para receber os pets que chegarão juntamente com as pessoas em situação de rua”, afirma a Defesa Civil. O órgão também ressalta a importância de atenção especial com as pessoas mais vulneráveis, como idosos, crianças e aquelas em situação de rua. Também foi feito o destaque para que a população não improvise aquecedores dentro de casa, prática extremamente arriscada e que pode causar graves acidentes, como incêndio e intoxicação.

Segundo o alerta, no Vale do Ribeira, Região de Itapeva, Franca, Ribeirão Preto e Barretos, a temperatura mínima será de 6°C, com a sensação térmica entre 5°C e 4°C. No Vale do Paraíba, em Campinas, Sorocaba, Araraquara e Bauru a mínima fica na casa dos 7°C, com sensação térmica de 5°C. Na capital paulista, região metropolitana de São Paulo, Presidente Prudente e Marília, os termômetros chegam a marcar 8°C, com sensação térmica entre 6°C a 4°C. A região de São José do Rio Preto e Araçatuba terá mínima 9°C e sensação térmica de 7°C. Na Baixada Santista a expectativa é de mínima 12°C e sensação térmica de 9°C. No Litoral Norte, a mínima é de 13°C e a sensação térmica de 12°C.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.