Covid-19: Brasil ultrapassa marca de 4 milhões de casos confirmados

Nas últimas 24 horas foram contabilizadas 834 mortes e 43.773 novos casos

  • Por Jovem Pan
  • 03/09/2020 19h28
EFE / EPA / MOHAMMED BADRAMortes no Brasil pela Covid-19 não param de crescer

O Ministério da Saúde atualizou nesta quinta-feira, 3, os números da Covid-19 no país. Em 24 horas foram contabilizadas 834 mortes e 43.773 novos casos, totalizando 124.614 óbitos e 4.041.638 casos confirmados. O número de pessoas que já se recuperaram da doença no Brasil é de 3.247.610, enquanto outras 669.414 seguem em acompanhamento médico. Em São Paulo, o estado com mais infectados, o número de casos é de 837.978, sendo 11.647 registrados de ontem para hoje. As mortes já chegam a 30.905, tendo sido registrado 232 nesse mesmo período.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou hoje que o número total de afetados pela doença no mundo já chega a 25,8 milhões desde o início da pandemia. Já o número de mortos está em 858.629. O continente americano é o mais atingido, registrando 13, 6 milhões de casos. A Índia assumiu a liderança de países com a maior incidência do novo coronavírus. As infecções já chegam a 84 mil no país. Um estudo publicado nesta quarta-feira, 2, confirmou que corticoides reduzem a mortalidade por Covid-19 em pacientes com quadros críticos da doença. Os medicamentos são anti-inflamatórios de baixo custo usados no tratamento de doenças inflamatórias, respiratórias e alérgicas, como asma e artrite. A pesquisa avaliou a utilização de três remédios dessa classe, entre eles dexametasona e hidrocortisona.  Segundo os pesquisadores, os corticoides se mostraram seguros, sem risco aumentado de efeitos colaterais graves.