Desaparecidos em Capitólio são pai e filho de 14 anos, diz polícia

Polícia Civil de Minas Gerais também identificou uma das oito vítimas da tragédia

  • Por Jovem Pan
  • 09/01/2022 14h21
Reprodução/Twitter/@Bombeiros_MG Capitólio Local do deslizamento de rocha em Capitólio, Minas Gerais

Um homem de 37 anos e seu filho, de 14, são as vítimas que continuam desaparecidas após o acidente ocorrido neste sábado, 8, em Capitólio. Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, o pai é natural de Itaú de Minas e o adolescente de Alfenas. A corporação já identificou um dos oito mortos na tragédia. Trata-se de Júlio Borges Antunes, de 68 anos, natural de Alpinópolis. Ele estava na mesma lancha das outras sete vítimas, atingida pela rocha que se despreendeu. O corpo dele já foi liberado e a família deve realizar o enterro ainda hoje. Também já se sabe que foram vitimados uma mulher de 43 anos natural de Cajamar (SP); um jovem de 18 anos natural de Paulínea (SP); uma outra mulher, de 57 anos e natural de Itaú de Minas (MG); um homem de 34 anos natural de Itaú de Minas (MG); um adolescente de 14 anos natural de Alfenas (MG); um outro homem, de 67 anos e natural de Ainhumas (SP); além do piloto da lancha, um homem de 40 anos natural de Betim (MG).