Após explosão em Beirute, Itamaraty diz que não há brasileiros entre mortos e feridos

A pasta disponibilizou um número de telefone que pode ser usado para informações sobre brasileiros no Líbano; até o momento, são cerca de 50 mortes e mais de 2.500 feridos

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2020 18h09
EFE/EPA/WAEL HAMZEHForte explosão atingiu Beirute, no Líbano, nesta terça

O Ministério das Relações Exteriores informou por meio de nota nesta terça-feira (4) que “acompanha com atenção” a situação em Beirute, capital do Líbano, após uma forte explosão que já deixou ao menos 50 mortos e mais de 2.500 feridos. O Itamaraty também disponibilizou um telefone “para informações sobre a situação dos brasileiros no Líbano”. Segundo o ministério, não há relatos de cidadãos brasileiros mortos ou gravemente feridos. “O Itamaraty seguirá acompanhando a situação por meio da Embaixada do Brasil em Beirute, em coordenação com a Divisão de Assistência Consular (DAC) em Brasília”, diz a pasta. O número de telefone disponível para informações sobre brasileiros no país é +961 70108374.

A nota ainda afirma que o governo brasileiro se solidariza com o povo e o governo do Líbano “pelas vítimas fatais e pelos feridos atingidos pelas graves explosões que tiveram lugar hoje no porto de Beirute.”. “O Ministério das Relações Exteriores acompanha com atenção os acontecimentos na cidade e está pronto para prestar a assistência consular cabível. Não há, até o momento, notícia de cidadãos brasileiros mortos ou gravemente feridos” diz a nota. Na tarde desta segunda, em entrevista ao Jovem Pan Agora, o encarregado de Negócios da Embaixada do Brasil em Beirute, Roberto Salone, não há relatos de brasileiros entre os feridos e mortos. “Essa explosão tomou todos nós de surpresa e nosso plantão consular está a postos desde o ocorrido. Felizmente, não há relatos de brasileiros gravemente feridos, internados ou mortos. Estamos, nesse momento, contatando toda a comunidade brasileira no Líbano”, disse.