Familiares de homem com coronavírus não têm a doença; número de suspeitas em SP cai

  • Por Jovem Pan
  • 28/02/2020 12h43
Governo do Estado de São PauloDoria informou que número de suspeitas de coronavírus em SP caiu

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou em um evento realizado nesta sexta-feira, que os três familiares do brasileiro de 61 anos infectado pelo coronavírus, que estavam sob suspeita de contágio, não têm a doença.

O idoso teve o diagnóstico confirmado na quarta-feira, 26, e afirmou ter recebido ao menos 30 familiares no último domingo, 23. Os três estavam dentro desse grupo, que ficou sob monitoramento da vigilância sanitária.

Segundo o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, cada pessoa infectada com o coronavírus infecta, em média, duas ou três pessoas. Alguns passageiros que estiveram nas fileiras próximas ao idoso, que voltou da Itália recentemente, também estão sob observação.

Ainda de acordo com Doria, o número de casos suspeitos no Estado caiu de 85 para 66 de quinta-feira, 27, para hoje, 28. Quinze pacientes foram descartados laboratorialmente, e 22 excluídos por não se enquadrarem nas premissas elaboradas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Nesta sexta, dia 28, foram incluídos mais 18 casos suspeitos.

Vacina

Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã nesta sexta-feira, o médico que lidera um estudo de remédios contra o coronavírus na Universidade de Nebraska, nos Estados Unidos, André Kalil, afirmou que – na melhor das hipóteses – o medicamento contra o Covid-19 deve demorar meses.

* Com informações da repórter Nicole Fusco.