Filhote de golden retriever morre após viagem de São Paulo ao Rio para ser entregue à nova dona

Tutora acusa Latam de maus-tratos e empresa nega; canil diz que animal passou por exames e estava bem de saúde antes de embarcar

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2021 19h14
Instagram / Reprodução / @gabid_rFilhote Zyon estava bem ao sair de São Paulo para o Rio de Janeiro, mas chegou já em condição ruim

Um filhote de cachorro da raça golden retriever morreu logo após viajar de São Paulo ao Rio de Janeiro para ser entregue à nova dona, que havia acabado de comprá-lo junto a um canil paulista. A tutora do animal, Gabriela Duque Rasseli, afirmou nas redes sociais que o animal, que se chamava Zyon, chegou “quase” morto após ter passado calor no compartimento de carga de um voo da Latam. Ele faleceu em seguida, já em uma clínica veterinária. A companhia aérea nega que o transporte tenha sido feito em condições ruins.

De acordo com o relato de Gabriela, ela recebeu uma foto do cachorro ainda vivo e aparentando estar bem antes do voo, ocorrido na terça, 14. O avião chegou ao Rio às 13h53, mas ela só teria recebido o animal às 15h30, já em estado de saúde ruim. “A Latam assassinou meu cachorro. Eu não tive oportunidade de conhecê-lo. Eu e minha família estamos devastados. Não tem nada que alivie nossos corações. A gente só quer justiça”, escreveu a tutora do animal nas redes sociais, atribuindo a morte a um calor excessivo dentro da aeronave. A reportagem tentou contato com Gabriela, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Gabriela Duque Rasseli (@gabid_r)

 

Em nota enviada à Jovem Pan, a Latam negou que o cão tenha sofrido maus-tratos. A empresa afirmou que o animal viajou nas condições adequadas e de acordo com regulamentos do Ibama, sem estar exposto ao sol ou ao calor e permanecendo hidratado ao longo do trajeto. A companhia aérea também destacou que seus funcionários no aeroporto do Galeão identificaram que o filhote estava mal e o levaram a uma clínica veterinária ao lado da tutora, além de deixarem o contato quando o cachorro foi internado. Por fim, disse que ainda está em contato com Gabriela e busca oferecer assistência. Nas redes sociais, Gabriela confirmou que a Latam entrou em contato com ela.

O canil Golden Fleet, que vendeu o cachorro para Gabriela, afirmou que tudo estava bem com Zyon antes do embarque, reforçando que os animais passam por exames como ecocardiograma e ultrassom antes de viajarem para serem entregues aos novos donos, além de treinar os filhotes para evitar estresse durante o transporte. Também destacam que a caixa utilizada tinha ventilação e hidratação adequadas. Além disso, prometeram um novo filhote para Gabriela “como forma de alegrá-la”.