Frente fria em São Paulo: quanto tempo vai durar?

Final de semana será de temperaturas baixas; no sábado mínima será de 9ºC e máxima 14ºC e no domingo mínima de 10ºC e máxima de 17ºC

  • Por Jovem Pan
  • 21/08/2020 15h07 - Atualizado em 22/08/2020 11h41
KEVIN DAVID/A7 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOPico de frio deve ser na madrugada de sexta para sábado (22)

A frente fria chegou aos estados do Sul e Sudeste do Brasil e deve bater recordes durante o final de semana. Segundo o meteorologista Thiago Guerreiro Ferreira, do IPMet – Centro de Meteorologia de Bauru – FC/Bauru, o pico de frio no estado de São Paulo será durante a madrugada de sexta-feira para sábado (22). “A frente fria já passou, ela está se deslocando e conforme vai se deslocando vai provocando a chuva. Após a chuva vem a massa de ar frio, então a massa de ar frio está chegando no estado”, comentou à Jovem Pan. Segundo as previsões a capital e região metropolitana devem registrar mínima de 9ºC, enquanto a região de Bauru e interior terá mínima de 8ºC e na Baixada Santista os termômetros chegam a 13ºC.

Para aqueles que não gostam de frio, a notícia boa é que no domingo a frente fria vai perdendo força e as temperaturas começam a subir gradativamente, dia após dia. Na previsão do tempo do IPMet, somente na terça-feira (25) as temperaturas mais altas devem chegar ao estado. Nesse sábado, a mínima é de 9ºC e máxima de 14ºC; domingo mínima de 10ºC e máxima de 17ºC; na segunda a mínima continua em 10ºC e máxima entre 18ºC e 19ºC e na terça-feira, mínima de 9ºC e máxima de 20ºC. Desde ontem a Defesa Civil de São Paulo emitiu alerta para baixas temperaturas.

Segundo o órgão, a sensação térmica da população que vive nas cidades de Sorocaba, Bauru, Araraquara, Presidente Prudente, Barretos, São José do Rio Preto, Itapeva, Campinas, Marília e mais os municípios que integram a Região Metropolitana de São Paulo e a Serra da Mantiqueira poderá ficar entre zero graus Celsius (ºC) e 7ºC. O prefeito Bruno Covas (PSDB) afirmou que a cidade está preparada para a frente fria e que todos os moradores em situação de rua que procurarem por abrigo serão atendidos. “Nós utilizamos estruturas do CEUS e de clubes municipais, fechados pela pandemia, para ampliar vagas neste momento de baixas temperaturas. Foram mais de 1.200 vagas criadas nestes espaços para atender a população e todos aqueles que desejarem abrigamento”, afirma.

Onda de frio leva neve ao Sul

O Estado de Santa Catarina registrou na quinta-feira, 20, os primeiros flocos de neve na região serrana do estado. Por volta das 20h50, o município de Bom Jardim da Serra já havia registrado o início do fenômeno. Ao mesmo tempo, no Rio Grande do Sul, moradores de cidades como Gramado também conferiram, ainda na tarde da quinta-feira, a incidência de chuvas congeladas. Outros locais da região Sul viram paisagens ficarem brancas durante a madrugada.