Funcionária da Gol é agredida no aeroporto de Brasília por passageiro

Segundo a empresa aérea, homem ficou irritado porque não conseguiu pegar conexão; caso foi registrado na 10ª Delegacia de Polícia do DF

  • Por Jovem Pan
  • 17/09/2021 15h01 - Atualizado em 17/09/2021 18h17
Foto: Mister Shadow/Sigmapress/FolhapressFuncionária da companhia foi agredida no aeroporto de Brasília por um auditor fiscal do Rio de Janeiro que perdeu um voo

Uma funcionária da Gol Linhas Aéreas foi agredida por um passageiro no Aeroporto Internacional de Brasília na última quinta-feira, 15. O homem identificado como Fábio Sousa de Oliveira, de 40 anos, que é auditor fiscal da Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de Janeiro (Sefaz-RJ), ficou irritado ao descobrir que não conseguiria pegar a conexão. Segundo a companhia aérea, ele estava indo de Belém ao Rio com parada em Brasília e não conseguiu embarcar por causa de um atraso na decolagem. Após a agressão, Oliveira foi encaminhado à Polícia Federal (PF). A vítima registrou um Boletim de Ocorrência na 10ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal (DF). Em nota, a Gol confirmou a situação e disse que não compactua com quaisquer tipos de violência, além de estar prestando apoio à colaboradora agredida. A Sefaz-RJ informou que Fábio Sousa de Oliveira não estava no exercício de sua função e que aguarda a conclusão da investigação policial. Até o momento da publicação deste texto, a Jovem Pan não conseguiu contato com o auditor.