Governo brasileiro enviará missão humanitária multidisciplinar ao Haiti

País caribenho sofre com os efeitos de um terremoto de magnitude 7,2 que matou mais de duas mil pessoas, além de uma tempestade tropical

  • Por Jovem Pan
  • 20/08/2021 00h58
EFE/ Orlando BarríaMulher aparenta cansaço em fila para pegar comida; mais de duas mil pessoas morreram no terremoto

O governo brasileiro decidiu enviar uma missão humanitária multidisciplinar ao Haiti. O país caribenho, nação mais pobre das Américas, foi atingido por um terremoto de magnitude 7,2 no último sábado, 14. Até agora, foram contabilizados mais de dois mil mortos e dezenas de milhares de casas destruídas. A missão contará com equipes de especialistas e peritos em busca e resgate em estruturas urbanas colapsadas, além de contar com “kits” de medicamentos e insumos estratégicos para assistência farmacêutica emergencial, doados pelo Ministério da Saúde. Uma aeronave de transporte KC-390 Millennium, da Força Aérea Brasileira (FAB), deve decolar com destino à capital do Haiti, Porto Príncipe, no próximo final de semana, levando pessoal e o material de apoio à emergência humanitária.

A decisão de enviar uma missão brasileira foi tomada pelo Grupo de Trabalho Interministerial sobre Cooperação Humanitária Internacional, articulação que envolve os ministérios da Justiça e Segurança Pública (MJSP), Defesa, Relações Exteriores (MRE), Saúde e Desenvolvimento Regional (MDR). De acordo com o Ministério da Defesa, a configuração da missão poderá ser ajustada em função das necessidades e dos entendimentos que estão sendo mantidos com o governo haitiano.

*Com informações da Agência Brasil