Governo do Espírito Santo coloca hotel em quarentena após suspeita da variante indiana

Indiano testou positivo para Covid-19, mas não ainda não se sabe se contraiu a cepa; 57 hóspedes e 37 funcionários estão isolados no local

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2021 23h52
Reprodução/Instagram/iec_br/23.05.2021Amostragem da possível variante indiana está sendo testada na Fiocruz

O governo do Espírito Santo está monitorando um visitante suspeito de estar contaminado com a variante indiana da Covid-19. O indiano está em um hotel na capital Vitória e testou positivo para a doença. Ainda não se sabe se ele está contaminado com a variante originada naquele país. A amostra do teste foi encaminhada nesta sexta-feira, 28, à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), para descobrir se se tratar da cepa. O resultado ainda não foi divulgado. No mesmo local, estão hospedadas duas pessoas vindas da Índia em um navio. Elas também foram testadas, mas não acusaram contaminação. O hotel foi colocado em quarentena pela Vigilância Sanitária Municipal. São 57 hóspedes, sendo cinco crianças, além de 37 funcionários isolados. Todos farão o teste RT-PCR e ficarão no hotel. Os eventos programados no local foram cancelados, e as pessoas hospedadas só sairão depois de autorização das autoridades sanitárias.

O governo está monitorando o caso e entrando em contato com as pessoas que estiveram próximas dos indianos assim que eles desembarcaram no Espírito Santo. “O governo do estado, junto com o governo do município, isolou o hotel onde essas pessoas estão. Estamos contatando as pessoas com quem elas tiveram contato para fazermos o isolamento, testarmos elas e evitar qualquer contágio com a variante indiana”, explicou o governador do estado, Renato Casagrande, em evento realizado hoje.

O subsecretário de Estado de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, assegurou que todas as providências foram tomadas rapidamente e que não há motivo para “uma situação de excepcionalidade”. “Todas as medidas foram tomadas de pronto, não há motivo para criarmos uma situação de excepcionalidade. Estamos dentro do padrão, com todas as providências, e esperamos nos comunicar com a sociedade assim que o resultado sair”, explicou.

*Com informações da Agência Brasil