Homem é espancado e morto após discussão com vizinhos em SP

Vítima, de 29 anos, foi conversar com pais de criança que estaria agredindo irmão mais novo dele, de cinco anos, levou pedradas e pauladas, foi socorrido, mas morreu

  • Por Jovem Pan
  • 27/01/2021 16h48 - Atualizado em 27/01/2021 16h49
Leonardo Proença/FacebookLeonardo foi espancado por vizinhos do pai

Um metalúrgico de 29 anos morreu após ser espancado por um engenheiro na cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo, no último domingo, 24. De acordo com as informações do boletim de ocorrência, a vítima, identificada como Leonardo Proença Almeida, foi até o apartamento do acusado acompanhado do pai, um homem de 49 anos, para conversar com o engenheiro sobre supostas agressões que o irmão dele, de cinco anos, teria sofrido por parte do filho do homem, de 11 anos. O homem, que mora no mesmo condomínio que o pai de Leonardo, estaria em casa com a esposa, uma roteirista de 45 anos, quando a discussão teria se iniciado. O pai da vítima foi empurrado da escada e o filho teria sido agredido com pedradas e um pedaço de madeira dentro do apartamento.

Após se desvencilhar da briga, Leonardo foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Conjunto Hospitalar de Sorocaba, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O engenheiro foi preso em flagrante pela polícia, levado ao Instituto Médico Legal (IML) para passar por exames e está à disposição da Justiça. O caso é investigado como homicídio qualificado e lesão corporal pela 3ª Delegacia de Homicídios da Divisão Especializada em Investigação Criminal (Deic) de Sorocaba. O corpo da vítima foi velado na cidade de Pilar do Sul, onde morava.