Ibope: Russomanno lidera corrida para Prefeitura de SP com 26%; Covas tem 21% e Boulos 8%

Candidato do Republicanos aumentou a taxa de intenções de voto em relação à pesquisa feita em setembro

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2020 19h49 - Atualizado em 02/10/2020 21h25
Celso Russomano se mantém na liderança de intenções de voto para eleições da Prefeitura de São Paulo

Nesta sexta-feira, 2, o Ibope divulgou uma nova pesquisa de intenções de voto para as eleições à Prefeitura de São Paulo em 2020. O candidato Celso Russomanno (Republicanos) aparece em primeiro com 26% dos votos, margem maior do que a registrada na última pesquisa de 20 de setembro, quando aparecia com 24%. Em segundo lugar vem o atual prefeito da cidade, Bruno Covas (PSDB) com 21%, subindo sua classificação em relação ao mês anterior quando contabilizada 18% do eleitorado. O terceiro colocado é  Guilherme Boulos (PSOL), com 8%, mesma margem da última pesquisa, seguido de Márcio França, com 7%. As informações foram divulgadas pela TV Globo e Folha de S. Paulo. Confira abaixo os percentuais de cada candidato:

  • Celso Russomanno (Republicanos): 26%
  • Bruno Covas (PSDB): 21%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 8%
  • Márcio França (PSB): 7%
  • Vera Lúcia (PSTU): 2%
  • Antonio Carlos Silva (PCO): 1%
  • Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota): 1%
  • Jilmar Tatto (PT): 1%
  • Joice Hasselmann (PSL): 1%
  • Levy Fidelix (PRTB): 1%
  • Marina Helou (Rede): 1%
  • Andrea Matarazzo (PSD): 1%
  • Orlando Silva (PCdoB): 1%
  • Nenhum/branco/nulo: 20%
  • Não sabe/Não respondeu: 8%
  • Filipe Sabará (Novo) teve menos de 1%.

Bruno Covas lidera no ranking de rejeição

A pesquisa Ibope de 2 de outubro também traz os índices de rejeição que cada candidato têm com os entrevistados. O atual prefeito, Bruno Covas, lidera com 31% de rejeição, seguido de Celso Russomano com 27% e Levy Fidelix com 21%. O candidato com menos rejeição perante a população é Antonio Carlos Silva (PCO) com 6%. O Instituto ouviu 805 eleitores na cidade de São Paulo durante os dias 30 de setembro e 1 de outubro. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Veja abaixo todas as porcentagens no ranking de rejeição:

  • Bruno Covas: 31%
  • Celso Russomanno: 27%
  • Levy Fidelix: 21%
  • Joice Hasselmann: 19%
  • Guilherme Boulos: 17%
  • Márcio França: 13%
  • Jilmar Tatto: 12%
  • Andrea Matarazzo: 11%
  • Orlando Silva: 10%
  • Arthur do Val: 9%
  • Vera Lúcia: 9%
  • Marina Helou: 8%
  • Filipe Sabará: 8%
  • Antonio Carlos Silva: 6%
  • Poderia votar em todos: 6%
  • Não sabe/não respondeu: 13%