Jovem Pan flagra agente da CET atuando sobre a Ponte Cidade Jardim

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2017 12h00
Jovem PanAgente da CET é detectado sobre a Ponte Cidade Jardim, acima da Marginal Pinheiros, em São Paulo

A Jovem Pan flagrou na manhã desta sexta-feira (1º) um agente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) atuando em cima da Ponte Cidade Jardim, que cruza a Marginal Pinheiros na altura do Jockey Club, no Morumbi, zona sul de São Paulo. O agente estava acompanhado de dois homens, aparentemente servidores da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Questionada, a CET informou que “utiliza 14 radares portáteis para fiscalizar infrações de velocidade cometidas exclusivamente por motociclistas nas marginais. O uso dos equipamentos é feito de maneira alternada, em 42 pontos de fiscalização ao longo de toda extensão das duas marginais”.

A Companhia esclareceu também que “a Guarda Civil Metropolitana acompanha o trabalho de fiscalização dos agentes de trânsito nas marginais Pinheiros e Tietê”.

O prefeito João Doria (PSDB) afirma, desde a campanha eleitoral que o elegeu em 2016, que não aceitaria em sua gestão que as ruas paulistanas tivessem “radares pegadinha” ou agentes multando motoristas em locais estratégicos.

No ano passado, ainda durante o governo de Fernando Haddad (PT), a Jovem Pan fez uma blitz em São Paulo e detectou radares móveis multando motoristas sem a devida sinalização. Naquela época, o número de radares na capital havia subido de 593 para 823 nos dois anos anteriores. No dia seguinte, ouvintes Jovem Pan também enviaram denúncias sobre outros pontos de “radares pegadinha”.

Já em fevereiro de 2017, quando dois guardas civis foram vistos multando motoristas na região da Ponte Estaiada nesta semana, Doria disse à Jovem Pan que os GCMs não podem se omitir, mas destacou que o papel da corporação não é aplicar multas de trânsito.

Com os cofres da cidade apertados, a gestão Doria cogitava já em maio deste ano implantar novos radares em São Paulo após a queda de 66% do índice de infrações registradas.

Em outubro, a CET anunciou que fiscalizaria a velocidade média de veículos em determinadas vias para multar motoristas que freiam apenas no momento em que o radar aparece.