Justiça manda prender vereador de São Bernardo acusado de participar de esquema de corrupção

  • Por Jovem Pan
  • 21/06/2018 13h12
Reprodução/FacebookSegundo a denúncia, os atos foram cometidos quando ele ocupava o cargo de secretário municipal de Gestão Ambiental da cidade do ABC paulista

A Justiça mandou prender o vereador Mario de Abreu Filho (PSDB), de São Bernardo do Campo. O tucano foi denunciado pelo Ministério Público por corrupção passiva, concussão e organização criminosa. Segundo a denúncia, os atos foram cometidos quando ele ocupava o cargo de secretário municipal de Gestão Ambiental da cidade do ABC paulista.

Foi descoberto o esquema por meio de um grupo de bate-papo no celular em novembro passado.

Mario de Abreu Filho não foi encontrado e é considerado foragido. A defesa disse que já entrou com recurso para impedir a prisão.

A decisão também atinge os outros seis investigados e denunciados pela Operação Barbatana. O pedido de prisão foi feito após um deles coagir uma testemunha. A defesa afirmou que o vereador não ameaçou testemunhas no processo.

Os outros cinco denunciados também não foram encontrados e são considerados foragidos.

O caso

De acordo com a denúncia do MP, uma das funcionárias nomeada pelo agora vereador, Patrícia Martiniano da Rocha, contou em mensagem que tinha comprado o cargo. Uma testemunha viu e denunciou para a Promotoria.

Em seu depoimento, a funcionária afirmou que deu um carro e pagou R$ 800 do próprio salário a Mario de Abreu Filho.

Segundo as investigações, o caso dela não era único.