Marcelo Queiroga testa positivo para Covid-19 e ficará de quarentena em Nova York

Parte da comitiva que foi aos Estados Unidos para a Assembleia-Geral da ONU, ministro voltará ao Brasil apenas depois de cumprir 14 dias de isolamento

  • Por Jovem Pan
  • 21/09/2021 22h08 - Atualizado em 21/09/2021 22h47
DENNER OVIDIO/ISHOOT/ESTADÃO CONTEÚDOA informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do governo, que disse que o ministro “passa bem”

O ministro da saúde, Marcelo Queiroga, testou positivo para a Covid-19. Integrante da comitiva brasileira que foi a Nova York para a Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), o ministro ficará nos Estados Unidos para completar os 14 dias de quarentena antes de retornar ao Brasil. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do governo, que disse que o ministro “passa bem”. “Informamos, ainda, que os demais integrantes da comitiva realizaram o exame e testaram negativo para a doença”, acrescenta o comunicado. Nas redes sociais, o ministro escreveu mensagem otimista. “Comunico a todos que hoje testei positivo para Covid-19. Ficarei em quarentena nos EUA, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária. O Ministério seguirá firme nas ações de enfrentamento à pandemia no Brasil. Vamos vencer esse vírus”, disse.

Em Nova York, Queiroga foi notícia por fazer gesto obsceno a manifestantes que protestavam contra o presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Na manhã desta terça, Bolsonaro abriu a Assembleia-Geral com discurso no qual defendeu a vacinação e o ‘tratamento precoce’ contra a Covid-19, criticou o chamado ‘passaporte da vacinação’ e comentou sobre preservação ambiental. Você pode conferir a íntegra do discurso aqui.