Média móvel de mortes por Covid-19 cai para menos de 300 pela primeira vez desde abril de 2020

Média está em 261, uma queda de 31% em relação a duas semanas atrás; 55% da população está completamente vacinada

  • Por Jovem Pan
  • 02/11/2021 21h07 - Atualizado em 02/11/2021 21h48
YAGO FROTA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO Profissional da saúde prepara dose de vacina contra a Covid-19 para aplicação Vacinação contra a Covid-19 é considerada o principal fator para a queda nas mortes

O Brasil registrou 149 mortes por Covid-19 nesta terça, 2, chegando a um total de 608.071 desde o início da pandemia, de acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde. Com o número, a média móvel de óbitos dos últimos sete dias no país ficou em 261 – abaixo de 300 pela primeira vez desde abril de 2020. Nas últimas 24 horas, nove Estados não registraram morte por Covid-19: Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins – este último também não registrou novos casos. Três Estados têm óbitos em alta (Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte), e dois estão em estabilidade (São Paulo e Maranhão). Todos os outros e o Distrito Federal veem os números em queda. Vale destacar que a baixa quantidade de mortes em alguns Estados pode levar a grandes variações.

Em relação ao número de novos casos, 6.431 foram detectados nas últimas 24 horas, e a média móvel da última semana ficou em 10.383 novos diagnósticos por dia, uma queda de 15% em relação a duas semanas atrás. No total, 21.821.124 brasileiros já foram infectados pelo coronavírus e tiveram seus casos detectados. Nos piores momentos da pandemia, a média de mortes ficou em 3.124, no dia 12 de abril de 202. Quanto à vacinação, 119.243.876 brasileiros, ou 55% da população, já têm o esquema vacinal completo, seja com as duas doses de Pfizer, CoronaVac ou AstraZeneca ou com a dose única da Janssen. Já os que receberam ao menos uma dose são 334.915.444 pessoas (74,7% da população).