Ministério Público encaminha à Justiça 27 denúncias de fraudes na Lei Rouanet

  • Por Jovem Pan
  • 14/12/2018 17h06
Fotos PúblicasAs irregularidades seriam praticadas com o conhecimento e a concordância das companhias envolvidas

O Ministério Público Federal em São Paulo encaminhou à Justiça 27 denúncias – todas integrantes da Operação Boca Livre – de fraudes na Lei Federal de Incentivo à Cultura, conhecida apenas como Lei Rouanet.

De acordo com o MPF, recursos deduzidos de impostos de grandes empresas patrocinadoras que deveriam ser destinados a finalidades culturais foram aplicados fraudulentamente pelo grupo Bellini Cultural em eventos privados. O dinheiro desviado chegou a ser usado até mesmo no pagamento de gastos do casamento de um dos filhos do dono do grupo.

As irregularidades seriam praticadas com o conhecimento e a concordância das companhias envolvidas. O dono da empresa e os filhos, os funcionários e os responsáveis pelos projetos em cada uma das patrocinadoras envolvidas já tinham sido denunciados. Desta vez, foram denunciados os diretores de 27 empresas e instituições patrocinadoras. Eles são acusados dos crimes de estelionato contra a União e associação criminosa ou quadrilha ou bando.

O grupo Bellini Cultural ainda não se pronunciou.

*Com informações da Agência Brasil