Pela primeira vez em 48 dias, São Paulo registra ocupação de UTIs abaixo de 80%

Neste sábado, 24, taxa atingiu 78,2% na região metropolitana da capital, enquanto 79% das unidades seguem ocupadas no Estado

  • Por Jovem Pan
  • 24/04/2021 21h55 - Atualizado em 24/04/2021 22h04
Mister Shadow/Estadão Conteúdo - 08/03/2021Nas últimas 24 horas, São Paulo registrou 16.271 novos casos de Covid-19 e 875 óbitos pela doença

Neste sábado, 24, o estado de São Paulo registrou 79% de ocupação dos leitos de UTI. Na Grande São Paulo, a taxa é de 78,2%. Os números marcam a primeira vez que o Estado atinge um índice inferior a 80% de ocupação das vagas de terapia intensiva desde 7 de março, período em que a gestão João Doria (PSDB) instituiu medidas restritivas para conter o avanço da pandemia de Covid-19. Além da diminuição da lotação nas UTIs após 48 dias, de acordo com a Secretaria da Saúde, os dados fechados da semana epidemiológica também revelam a redução de 15,7% no número de novos casos, 6,8% de novas internações e 21,8% de novos óbitos.

São Paulo iniciou, ainda neste sábado, a nova fase de flexibilizações do plano estadual de combate ao coronavírus. Desta forma, restaurante, salões de beleza, academias, cinemas e teatros foram autorizados a abrir as portas. No total, o Estado contabiliza 2.827.833 infecções e 92.548 mortes causadas pela Covid-19 desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, foram registrados 16.271 casos e 875 óbitos. Estão internados 22.739 pacientes em São Paulo, sendo 10.678 em UTIs e 12.004 em enfermarias.