PF abre inquérito para investigar ataque hacker ao Ministério da Saúde

Episódio aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 10; uma equipe da corporação foi ao data center do ministério para realizar perícias iniciais

  • Por Jovem Pan
  • 10/12/2021 18h02
Reprodução site do ministério da saúde Abertura de inquérito foi confirmada pela PF horas após o ataque

A Polícia Federal (PF) instaurou um inquérito para investigar o ataque hacker ao Ministério da Saúde. O episódio aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 10, e comprometeu dados da pasta e do ConecteSUS, incluindo a emissão do certificado de vacinação contra a Covid-19. Sistemas de contagem de dados relativos à pandemia de coronavírus. Após o episódio, uma equipe da Polícia Federal do Núcleo de Operações de Inteligência Cibernética foi para o “data center” do Ministério da Saúde, o DATASUS, onde foram feitas análises por peritos que constataram que os dados do sistema não foram criptografados pelos hackers. Segundo a PF, os crimes investigados serão o de invasão de dispositivo informático, interrupção ou perturbação do serviço informático, telemático ou de informação de utilidade pública, além do delito de associação criminosa.