Polícia Federal faz maior apreensão de cocaína da história do Rio de Janeiro

Foram encontradas 5 toneladas da droga no porto da cidade; carga seria enviada para Moçambique

  • Por Jovem Pan
  • 06/10/2021 14h09 - Atualizado em 06/10/2021 17h22
Divulgação/Polícia Federal do Rio de Janeiro PF Rio apreensão cocaína 5 toneladas de cocaína foram encontradas pela PF no Porto do Rio

Na noite da última terça-feira, 5, a Polícia Federal (PF), com apoio da Receita Federal, realizou uma apreensão recorde de drogas em contêineres no porto do Rio de Janeiro. Foram encontrados, no total, cinco toneladas de cocaína que, segundo a polícia, seriam enviadas para Moçambique, na África. A PF chegou até a droga a partir de uma denúncia. Diligências foram realizadas no início da manhã de ontem pelas equipes de policiais federais da DRE e da Missão Redentor, com apoio de cães farejadores.

Inicialmente, foi encontrado um primeiro contêiner, onde estavam 4,3 toneladas do entorpecente acondicionados em caixas de sabão em pó. Enquanto os agentes faziam o descarregamento, uma segunda equipe de policiais, em um trabalho conjunto de inteligência e cruzamento de informações, localizou um outro contêiner com mais 700 kg de cocaína acondicionadas da mesma forma. Segundo a PF, esta apreensão de cocaína representa um recorde histórico no Rio de Janeiro. Antes dela, havia ocorrido uma outra, no ano passado, na qual foram encontradas 2,5 toneladas de cocaína. Toda a carga encontrada foi encaminhada à Superintendência da Polícia Federal no Rio. Um inquérito foi instaurado para aprofundar as investigações e identificar os responsáveis pelo transporte internacional da droga.