Prefeitura do Rio planeja réveillon com 13 palcos espalhados pela cidade

Município divulgou o caderno de encargos e contrapartidas para as empresas que têm interesse em patrocinar os eventos; realização da virada está condicionada ao cenário epidemiológico da pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 06/08/2021 09h20 - Atualizado em 06/08/2021 17h28
ALLAN CARVALHO/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDOSerão 3 palcos só na Praia de Copacabana e outros 10 em outros bairros da cidade do Rio de Janeiro

A Prefeitura do Rio de Janeiro planeja espalhar 13 palcos pela capital fluminense, incluindo três no bairro de Copacabana, durante o réveillon deste ano. A Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur) divulgou na manhã desta sexta-feira, 6, o caderno de encargos e contrapartidas para as empresas que têm interesse em patrocinar os eventos. A gestão esclarece que a realização da festa de virada para 2022 será condicionada às determinações estabelecidas pelos órgãos competentes em relação ao combate à Covid-19 no município. Sendo assim, a realização do evento pode ser impossibilitada pelo agravamento do cenário epidemiológico da pandemia na cidade.

Atualmente, o Rio de Janeiro vê um aumento de casos e um risco da disseminação da variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia e considerada mais transmissível. O documento não define quais medidas sanitárias devem ser tomadas pelos organizadores. Estima-se a presença de cerca 1 milhão de pessoas espalhadas nos 13 palcos. Este ano, os espetáculos pirotécnicos estão permitidos, desde que estejam de acordo com as normas de segurança. Em 2020, a tradicional queima de fogos de Copacabana foi cancelada visando evitar aglomeração e concentrações de pessoas na região. Neste ano, a gestão municipal pretende encaixar três palcos na praia: um principal e dois satélites. Além dos três pontos em Copacabana, a prefeitura pretende instalar mais 10 palcos nos seguintes locais:

  • Boulevard Olímpico, em Gamboa
  • IAPI da Penha
  • Piscinão de Ramos
  • Praia do Flamengo
  • Praia da Bica, na Ilha do Governador
  • Praia da Capela, na Pedra de Guaratiba
  • Praia de Sepetiva
  • Praia da Moreninha, em Paquetá
  • Praça Guilherme da Silveira, em Bangu
  • Praça do Samba, no Parque de Madureira

O palco no Boulevard Olímpico é uma novidade para o réveillon de 2021/2022. As empresas têm até o dia 6 de setembro para enviar as propostas. A instituição será responsável pela operacionalização, formatação e fornecimento de toda a infraestrutura necessária para o atendimento das necessidades do projeto técnico. Em contrapartida, as empresas poderão expor as suas marcas durante a realização do evento.