Protestos são marcados pelo Brasil contra o assassinato de homem negro no Carrefour

Porto Alegre, São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro terão atos nesta sexta-feira, 20, Dia da Consciência Negra; João Alberto foi espancado até a morte por dois seguranças

  • Por Jovem Pan
  • 20/11/2020 15h01 - Atualizado em 20/11/2020 17h00
GABRIELA BILó/ESTADÃO CONTEÚDOAinda durante a madrugada desta sexta-feira, 19, o Carrefour publicou uma nota e classificou o assassinato como “brutal”

Protestos foram convocados em todo o Brasil nesta sexta-feira, 20, Dia da Consciência Negra, contra o assassinato de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, um homem negro que morreu após ser espancado nas dependências do supermercado Carrefour, no bairro Passo D’Areia, na zona norte de Porto Alegre. O caso ocorreu na noite desta quinta-feira, 19. As imagens, que viralizaram nas redes sociais, mostram João Alberto levando socos e chutes de dois homens brancos que vestiam uma roupa preta e pertenciam a equipe de segurança do local. Ao lado dos dois, uma mulher acompanhava o espancamento e filmava. Os dois seguranças foram presos pela Brigada Militar – um dos envolvidos era um PM temporário.

Confira os locais onde os atos estão previstos:

Porto Alegre

Em Porto Alegre, o Movimento Negro Unificado e outras 33 entidades farão um ato em frente ao Carrefour Passo D’areia (Avenida Plínio Brasil Milano, 2343), local onde ocorreu o assassinato, às 17h.

São Paulo

Em São Paulo, a marcha que aconteceria na Avenida Paulista pelo Dia da Consciência Negra alterou seu trajeto e fará um ato em frente ao Carrefour da Brigadeiro Luiz Antônio. A concentração será às 16h, no MASP. Osasco também terá uma manifestação às 17h, na Ponte Metálica.

Belo Horizonte

Em Belo Horizonte, a manifestação está marcada para às 15h, em frente ao Carrefour da Av. Afonso Pena com a Rua Guajajaras.

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, o protesto está marcado para as 16h, no Carrefour Barra (Avenida das Américas, 5150).

Fortaleza

Manifestantes irão se reunir às 18h, em frente ao Carrefour Aldeota.

Campo Grande

O protesto está marcado para as 16h, em frente ao Carrefour Shopping CG.

Curitiba

O ato vai acontecer em frente ao Carrefour Parolin, às 18h.

Distrito Federal

Manifestantes protestaram em frente e dentro do Carrefour da 402 Sul e também na Fundação Palmares, por volta das 14h.