Após renúncia de Morales, Bolsonaro defende voto impresso; Lula fala em golpe

  • Por Jovem Pan
  • 10/11/2019 20h17 - Atualizado em 10/11/2019 20h47
REUTERS/CARLOS GARCIA RAWLINSEvo Morales

Após o presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciar que renuncia ao cargo, o presidente Jair Bolsonaro defendeu a volta do voto impresso neste domingo (10). No Twitter, Bolsonaro ressaltou a “necessidade, em nome da democracia e transparência, contagem de votos que possam ser auditados”.

“Denúncias de fraudes nas eleições culminaram na renúncia do Presidente Evo Morales. A lição que fica para nós é a necessidade, em nome da democracia e transparência, contagem de votos que possam ser auditados. O VOTO IMPRESSO é sinal de clareza para o Brasil!”, escreveu o presidente.

Morales anunciou sua renuncia neste domingo, logo após as Forças Armadas pedirem para ele deixar o cargo em coletiva de imprensa. O político ocupava a presidência da Bolívia desde 2006 e havia vencido as eleições gerais do dia 20 de outubro.

Após o anúncio da nova vitória nas urnas, uma onda de protestos violentos que culminaram em três mortes e mais de 400 feridos, uma auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA) identificou fraudes no pleito e recomendou uma nova votação. O voto na Bolívia é impresso.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também se pronunciou neste domingo no Twitter e afirmou que houve um “golpe de Estado” na Bolívia. Lula afirmou que o presidente Evo Morales foi obrigado a renunciar. Morales, no entanto, faz essa afirmação em seu pronunciamento.

“Grupos estão conspirando contra a democracia [da Bolívia]. Alguns membros dos partidos da oposição nos levaram até a violência. E, por esta e muitas razões, estou renunciando. Vou encaminhar minha carta de renúncia para a Assembleia”, disse Morales.

O petista, que é apoiador do político boliviano, disse que é “lamentável” que a América Latina tenha uma elite econômica que “não saiba conviver com a democracia e com a inclusão social dos mais pobres”.

*Com informações do Estadão Conteúdo