São Paulo não terá reajuste de tarifa de transporte público em 2021

Com a medida, que foi anunciada em nota conjunta do Governo do Estado com a Prefeitura, valor das passagens se mantém em R$4,40

  • Por Jovem Pan
  • 29/12/2020 21h41
Willian Moreira/Estadão ConteúdoValor não sofrerá reajuste mesmo após ano com queda no número de passageiros.

O governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura da Cidade de São Paulo anunciaram que não irá reaver reajuste nas tarifas do transporte público. A medida foi confirmada por meio de uma nota conjunta e vale para a capital do Estado. Com isso, o valor das passagens para os ônibus municipais, Metrô e CPTM continuará sendo de R$ 4,40. A nota diz que a manutenção do valor só foi possível por meio de uma “reforma administrativa” feita pelo Estado e que manter o valor das tarifas beneficiará mais de 8 milhões de usuários. O comunicado também informa que, durante a pandemia de Covid-19, houve uma retração de 60% em comparação aos demais anos.

Essa será a segunda vez nos últimos seis anos em que São Paulo não registra um aumento no valor da tarifa. A última vez em que isso aconteceu foi entre os anos de 2017 e 2018. Desde 2014, o valor da passagem subiu de R$ 3,00 para os R$ 4,40 atuais. Neste período, o maior reajuste foi registrado entre 2014 e 2015, quando o valor das passagens aumentou de R$3,00 para R$ 3,50, configurando um aumento de 16,7%.