SP determina volta obrigatória às aulas presenciais a partir de segunda-feira

Anúncio oficial irá acontecer ainda nesta quarta-feira, durante coletiva de imprensa do governo do Estado

  • Por Jovem Pan
  • 13/10/2021 08h27 - Atualizado em 13/10/2021 08h53
LEANDRO FERREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOEscolas do Estado estão autorizadas a receber 100% dos alunos desde agosto deste ano

Todos os alunos da rede pública e privada do Estado de São Paulo deverão voltar obrigatoriamente às aulas presenciais a partir da próxima segunda-feira, 18. Atualmente, a presença dos estudantes nas salas de aula é facultativa. O anúncio oficial irá acontecer ainda nesta quarta-feira, 13, durante coletiva de imprensa do governo de São Paulo. O secretário da Estadual de Educação, Rossieli Soares, estará presente para divulgar mais detalhes sobre o retorno. Segundo o jornal “O Estado de S.Paulo”, só poderão ficar em casa as crianças e os adolescentes que apresentarem atestado médico impedindo a presença nas aulas. De acordo com o repórter Maicon Mendes, da Jovem Pan, a volta será obrigatória para a rede estadual e particular. Em relação à rede municipal, os prefeitos poderão determinar, ou não, o retorno obrigatório.

Histórico

As aulas presenciais foram retomadas no Estado em fevereiro de 2021 com 35% da capacidade total. Em março, com aumento exponencial de casos e mortes pela Covid-19, a fase emergencial foi decretada e as aulas presenciais foram novamente suspensas. Escolas ficaram abertas apenas para oferta de merenda e distribuição de materiais. As atividades escolares presenciais foram retomadas em abri, com capacidade limitada e a presença facultativa. Desde lá, as escolas não deixaram de ser autorizadas a funcionar pelo governo do Estado. Em agosto, as instituições de ensino puderam receber 100% dos alunos, desde que mantidas as medidas de distanciamento entre os estudantes, professores e funcionários.