SP pode ter dia mais quente do ano nesta semana, mas onda de frio se aproxima na sexta-feira

De acordo com Climatempo, frente fria que atinge cidades do Sudeste e Centro-Oeste traz instabilidade com pancadas de chuva

  • Por Jovem Pan
  • 23/08/2021 18h30 - Atualizado em 23/08/2021 19h50
Cris Faga/Estadão ConteúdoTemperaturas podem chegar aos 35ºC na capital

A onda de calor que atinge a cidade de São Paulo desde o dia 17 e pode fazer a capital registrar a maior temperatura do ano em pleno inverno, com termômetros em torno dos 35ºC, deve durar mais alguns dias, de acordo com o Climatempo. Nesta segunda-feira, 23, a assessoria meteorológica afirmou que o tempo seguirá firme e as temperaturas mais altas podem ocorrer na quarta-feira, 25. Depois disso, porém, uma nova onda de frio deve gerar chuvas e tornar o tempo instável a partir da sexta-feira, 27, na região Sul e Leste do Estado paulista, no Mato Grosso e no Rio de Janeiro. A previsão, porém, mostra que a frente fria não deve ser generalizada no país como foi no fim de julho e deve se manter apenas em algumas unidades federativas do Centro-Oeste e Sudeste.

Até agora, a temperatura mais quente da capital paulista foi de 34ºC, registrada no dia 30 de janeiro. Enquanto a quinta-feira, 26, tem temperaturas máximas de 34ºC na capital paulista com possibilidade de pancadas de chuva à noite, a sexta-feira, 27, começa com alerta de mudança brusca de temperatura, com máximas de 21ºC. A partir daí, as temperaturas devem ficar abaixo dos 22ºC até o dia 1º de setembro, quando a previsão de mínima é de 12ºC e a de máxima é 25ºC. A expectativa é de que as pancadas de chuva ajudem a melhorar a umidade do ar, que atingiu níveis alarmantes ao longo da semana ficando abaixo dos 25% e fazendo com que a cidade declarasse estado de atenção nesta segunda.